segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Premiações - Vencedores do BAFTA 2016 e a reta final do Oscar





Guilherme W. Machado

Na noite de ontem foi entregue o BAFTA, prêmio da academia de cinema britânica e conhecido como sendo um dos maiores termometros pro Oscar, além de ser uma premiação prestigiosa por si só. Alejandro González Iñarritu surpreendeu os céticos vencendo os prêmios de Melhor Filme e Melhor Diretor com o seu O Regresso - que ainda levou outros 3 prêmios - e coloca-se numa posição bastante favorável para levar o famigerado Oscar pelo segundo ano consecutivo. Iñarritu soma conquistas no Globo de Ouro, no DGA (sindicato dos diretores, que é o maior indício na categoria para o prêmio da academia) e agora no BAFTA, podendo ser considerado o franco-favorito sem muitos receios. Do outro lado, entretanto, encontra-se A Grande Aposta, vencedor do PGA (que é um imenso passo em direção ao prêmio de Melhor Filme), fazendo com que muitos ainda apostem numa divisão: A Grande Aposta venceria como filme e O Regresso daria a Iñarritu sua segunda vitória como diretor.


OBS: Clique nos títulos em vermelho para ler nossas respectivas críticas.

Mas, voltando ao BAFTA, várias outras categorias foram afetadas (ou consolidadas) pela premiação inglesa. As duas de roteiro cobinaram com o WGA (sindicato dos roteiristas) e parecem já mais do que definidas para o Oscar, com Spotlight e A Grande Aposta como vencedores. Leonardo DiCaprio e Brie Larson apenas reforçaram seus óbvios favoritismos, e devem levar seguramente seus Oscars de Melhor Ator e Melhor Atriz, respectivamente. Já pros coadjuvantes a coisa está mais complicada... Kate Winslet conseguiu na academa inglesa outra importante vitória (ela ganhou o Globo de Ouro mês passado) e faz boa frente à ainda favorita Alicia Vikander, que concorre por A Garota Dinamarquesa. Já nos homens, Mark Rylance venceu no BAFTA, como era esperado, e apimenta a briga com Sylvester Stallone (vencedor do Globo e Ouro e do Critics Choice Awards), e até mesmo com um Tom Hardy que, apesar da ausência de premios importantes até então, corre por fora.

Nas técnicas Emmanuel Lubezki, de O Regresso, foi colocado, em conjunto com o prêmio do ASC (sociedade dos diretores de fotografia) o qual ele também venceu e que ocorreu na mesma noite do BAFTA, em boa posição para fazer história e levar seu terceiro Oscar consecutivo de Melhor Fotografia, os dois anteriores foram por Gravidade [2013] e Birdman [2014]. Star Wars VII venceu mais um importante prêmio e é sólido como favorito na categoria de Efeitos Especiais. Mad Max ganhou três importantes prêmios em categorias nas quais tem boa chance de vitória no Oscar: Melhor Design de Produção, Melhor Maquiagem e Melhor Edição, este último colocando-o um pouco à frente de seu maior concorrente na categoria, A Grande Aposta, com o qual dividiu o ACE EDDIE Awards (sindicato dos editores). Já Ennio Morricone soma seu sexto BAFTA com a maravilhosa trilha sonora de Os Oito Odiados e é barbada para o Oscar 2016 na categoria. O Regresso venceu ainda a categoria de Som, superando novamente seu principal concorrente nas categorias técnicas: Mad Max.






VENCEDORES DO BAFTA 2016

MELHOR FILME: O Regresso
MELHOR FILME BRITÂNICO: Brooklyn
MELHOR DIRETOR: Alejandro González Iñarritu [O Regresso]
MELHOR ATOR: Leonardo DiCaprio [O Regresso]
MELHOR ATRIZ: Brie Larson [O Quarto de Jack]
MELHOR ATOR COADJUVANTE: Mark Rylance [Ponte dos Espiões]
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE: Kate Winslet [Steve Jobs]
MELHOR ROTEIRO ORIGINAL: Spotlight
MELHOR ROTEIRO ADAPTADO: A Grande Aposta
MELHOR EDIÇÃO: Mad Max: Estrada da Fúria
MELHOR FOTOGRAFIA: O Regresso
MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO: Mad Max: Estrada da Fúria
MELHORES EFEITOS ESPECIAIS: Star Wars VII
MELHOR FIGURINO: Mad Max: Estrada da Fúria
MELHOR MAQUIAGEM: Mad Max: Estrad da Fúria
MELHOR SOM: O Regresso
MELHOR TRILHA SONORA: Os Oito Odiados
MELHOR DOCUMENTÁRIO: Amy
MELHOR ANIMAÇÃO: Divertida Mente
MELHOR FILME ESTRANGEIRO: Relatos Selvagens

Nenhum comentário:

Postar um comentário