terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Oscar 2016 - Previsão dos Vencedores



Guilherme W. Machado





A corrida para o Oscar de Melhor Filme esse ano foi imprevisível como poucas. Podem ser apontados quatro concorrentes que, ao menos em algum momento, tiveram chances sólidas de vitória. O Regresso estaria com a vitória 100% garantida, não fosse o caso de a academia já ter premiado Iñarritu três vezes na edição passada, o que dá ao vencedor do PGA, A Grande Aposta, suas boas chances de vitória.

VAI GANHAR: O Regresso
PODE SURPREENDER: A Grande Aposta
MERECE GANHAR: O Regresso


 
O dilema aqui é o mesmo da categoria de Melhor Filme: pode Iñarritu ganhar duas vezes seguidas? Ele é o favorito, tendo levado o DGA e o BAFTA (os dois maiores indicativos da categoria), mas a dificuldade histórica de levar o prêmio dois anos seguidos - feito apenas alcançado por John Ford e Joseph L. Manckiewicz - dá chances ao veterano George Miller e seu Mad Max: Estrada da Fúria de tirar o Oscar das mãos do mexicano.

VAI GANHAR: Alejandro González Iñarritu [O Regresso]
PODE SURPREENDER: George Miller [Mad Max: Fury Road]
MERECE GANHAR: Alejandro González Iñarritu [O Regresso]


Não tem erro, DiCaprio vai levar o seu tão esperado Oscar esse ano. A força de O Regresso para com a academia apenas reforça o que já era óbvio. DiCaprio levou o Globo de Ouro, o SAG, o Critic's Choice Awards e o BAFTA, não há qualquer chance de perder.

VAI GANHAR: Leonardo DiCaprio [O Regresso]
PODE SURPREENDER: não tem possibilidade de zebra nessa categoria
MERECE GANHAR: Michael Fassbender [Steve Jobs]



Exatamente tudo o que foi dito acima sobre melhor ator aplica-se aqui a Brie Larson, até mesmo a parte sobre seu filme ter sido bem acolhido pela academia.

VAI GANHAR: Brie Larson [O Quarto de Jack]
PODE SURPREENDER: não tem possibilidade de zebra nessa categoria
MERECE GANHAR: Saoirse Ronan [Brooklyn]


Aqui a coisa complica, Melhor Ator Coadjuvante pode ser considerada a categoria mais emocionante dessa edição. Sylvester Stallone e Mark Rylance brigam pelo favoritismo há um bom tempo, mas todos os 5 indicados são muitos bons e tem lá suas chances. Pessoalmente, eu ficaria feliz com qualquer vitória dentre Stallone, Rylance e Hardy, seus três grandes desempenhos são dignos de premiação. Devo dizer, entretanto, que dentre todas as zebras aquela na qual eu mais acredito é a de Tom Hardy. Coloquei ele aqui como surpresa porque não tem como classificá-lo de outra maneira, mas se fosse só escolher um na categoria, seria nele que colocaria minhas fichas, embora arriscado.

VAI GANHAR: Mark Rylance [Ponte dos Espiões]
PODE SURRPEENDER: Tom Hardy [O Regresso]
MERECE GANHAR: Tom Hardy [O Regresso]


Vikander está com o prêmio na mão: é a revelação do ano e a queridinha do público e dos críticos. Ela é, de fato, uma ótima atriz e não deixa de ser merecedora, mas é claramente protagonista em seu filme e está concorrendo pela categoria errada. Kate Winslet e Jennifer Jason Leigh, por sua vez, são os nomes que brilharam aqui, com duas excelentes performances, superiores até às suas concorrentes “protagonistas” (Vikander e Mara). Se eu fosse votante da academia, essa seria minha escolha de voto mais difícil do ano.

VAI GANHAR: Alicia Vikander [A Garota Dinamarquesa]
PODE SURPREENDER: Kate Winslet [Steve Jobs]
MERECE GANHAR: Kate Winslet [Steve Jobs] ou Jennifer Jason Leigh [Os Oito Odiados]


Dentre as categorias principais, essa foi uma das mais fracas esse ano. Nenhum dos cinco roteiros me empolga muito, apesar de alguns serem bons, e os que deveriam estar aqui (Os Oito Odiados, principalmente) foram esnobados. Spotlight tem o prêmio garantido desde que a categoria foi anunciada, sem suspense.

VAI GANHAR: Spotlight
PODE SURPREENDER: Divertida Mente (mas não vai acontecer)
MERECE GANHAR: Ex_Machina


Outra categoria de roteiro que não empolgou, mas que é um pouco melhor que a de original. De novo alguns dos mais merecedores (Steve Jobs e Anomalisa) não foram indicados. A Grande Aposta, como Spotlight, é prêmio certo, mas seria bacana ver O Quarto de Jack quebrar as bancas de aposta.

VAI GANHAR: A Grande Aposta
PODE SURPREENDER: O Quarto de Jack
MERECE GANHAR: O Quarto de Jack


Uma das grandes barbadas da noite é a vitória do filme húngaro O Filho de Saul. O pouco que vi dos filmes dessa categoria até então só reforçam o que já vem sendo mostrado nos últimos anos: uma categoria aborrecida, que seleciona filmes “artísticos” e “relevantes”, que – salvo raras exceções – pouco ou nada representam o que há de melhor no cinema mundial. E não, não me refiro ao filme brasileiro esnobado (Que Horas Ela Volta?), que tampouco deveria figurar aqui.

VAI GANHAR: O Filho de Saul
PODE SURPREENDER: As Cinco Graças
MERECE GANHAR: (não pude conferir alguns filmes da categoria ainda)


Sou o primeiro a reconhecer que meu gosto para animações é duvidoso, talvez por não ser grande entusiasta das mesmas. Esse ano, entretanto, devo dizer que a categoria me agrada bastante. Falta ainda conferir alguns filmes, mas já ficaria muito satisfeito se todo ano tivessem dois concorrentes como Divertida Mente e Anomalisa.

VAI GANHAR: Divertida Mente
PODE SURPREENDER: não tem possibilidade de zebra nessa categoria
MERECE GANHAR: Anomalisa


Uma categoria difícil e de alto nível. Mad Max seria, teoricamente, o favorito, e é o merecedor. Não consigo deixar de ver, todavia, A Grande Aposta levando esse prêmio; é o tipo de edição que a academia tem gostado de premiar e é o filme que mais tem chance de desbancar O Regresso nos prêmios principais, e para isso precisa desta vitória aqui em edição, ou de Bale em Ator Coadjuvante, o que é bem mais difícil.

VAI GANHAR: A Grande Aposta
PODE SURPREENDER: Mad Max: Estrada da Fúria
MERECE GANHAR: Mad Max: Estrada da Fúria


Se eu fosse apontar a melhor categoria desse Oscar, seria sem dúvida essa de fotografia. 5 indicados com trabalhos excelentes, todos dignos de vitória, e quase todos com alguma chance de realmente levar. Lubezki, como Iñarritu, teria a vitória garantida não fosse pelas suas duas vitórias nos dois últimos anos. Mesmo assim, seu trabalho é de uma qualidade monumental, não apenas pelo desafio técnico, mas também pela beleza do resultado. No caso da academia hesitar em premiá-lo 3 anos seguidos, acho que finalmente aproveitariam para fazer justiça ao grande Roger Deakins (Sicario), indicado 13 vezes sem nenhuma vitória até então.

VAI GANHAR: O Regresso
PODE SURPREENDER: Sicario
MERECE GANHAR: O Regresso


É difícil não apostar em Mad Max com todas vitórias que teve nessa categoria em outras premiações; deve ser dito, entretanto, que não é o estilo de design de produção que costuma receber o prêmio da academia, o que coloca Perdido em Marte, O Regresso (caso queiram transformá-lo num novo Ben-Hur/Titanic/Senhor dos Anéis) ou até o merecedor Ponte dos Espiões em posição de chocar os apostadores.

VAI GANHAR: Mad Max: Estrada da Fúria
PODE SURPREENDER: Perdido em Marte
MERECE GANHAR: Ponte dos Espiões


Sandy Powell é queridinha do Oscar e está indicada por dois filmes que têm nos figurinos pontos altos. Muitos vêm apostando na abordagem mais simples de Mad Max, que levou vários prêmios de figurino em outras premiações, mas manterei minhas apostas num dos filmes de Powell - Cinderella, principalmente.

VAI GANHAR: Cinderella / Carol
PODE SURPREENDER: Mad Max: Estrada da Fúria
MERECE GANHAR: Carol


Só dois concorrentes reais, Mad Max e O Regresso, qualquer um dos dois pode perfeitamente levar e não sem justiça. Essa categoria é quase roleta russa, mas acho que Mad Max leva por ser mais "grandioso" – a maquiagem estende-se a uma maior quantidade de personagens, enquanto em O Regresso ela é focada mais nos protagonistas.

VAI GANHAR: Mad Max: Estrada da Fúria
PODE SURPREENDER: O Regresso
MERECE GANHAR: O Regresso


Outra categoria com bastante qualidade e verdadeiramente concorrida. Star Wars VII é a aposta mais segura, mas não seria totalmente surpreendente se o prêmio fosse para O Regresso, ou para Mad Max, o queridinho da crítica. Para mim só aquele urso (que não é o único uso de CGI no filme) já valeria o prêmio para O Regresso.

VAI GANHAR: Star Wars VII
PODE SURPREENDER: O Regresso
MERECE GANHAR: O Regresso


Categoria um pouco incerta, pois não tem muitos parâmetros. Acho difícil fugir do embate Mad Max vs O Regresso, mas todos os 5 têm lá suas condições. Como não tem um sindicato, nem um prêmio idêntico no BAFTA (que premia as duas categorias de som numa só), fica difícil ter certeza.

VAI GANHAR: Mad Max: Estrada da Fúria
PODE SURPREENDER: O Regresso
MERECE GANHAR: Mad Max: Estrada da Fúria


Em contraponto a Edição de Som, essa aqui está bem mais clara. O Regresso é o favorito e deve levar sem grandes surpresas. Sua maior ameaça, como sempre, seria Mad Max, mas dessa vez com boa distância.

VAI GANHAR: O Regresso
PODE SURPREENDER: Mad Max: Estrada da Fúria
MERECE GANHAR: O Regresso


Já passou da hora de Ennio Morricone – provavelmente o maior compositor da história do cinema – vencer o seu Oscar, e ele o fará com total merecimento. A trilha sonora de Os Oito Odiados é fenomenal e passa sobrando por cima mesmo dos ótimos concorrentes, como Carol ou Sicario.

VAI GANHAR: Os Oito Odiados
PODE SURPREENDER: Carol
MERECE GANHAR: Os Oito Odiados


Tirando os anos com favoritos absolutos, como “Skyfall” ou “Let it Go”, essa categoria é um tiro no escuro, visto que ela não tem muitos parâmetros nas outras premiações que assegurem uma previsão confiável.

VAI GANHAR: "Til it Happens to You" [The Hunting Ground]
PODE SURPREENDER: "Earned It" [Cinquenta Tons de Cinza]
MERECE GANHAR: "The Writing's On the Wall" [Spectre]


Apesar de ser considerado aposta garantida por muitos, Amy não está tão absoluto quanto parece. Não tem ganhado todos prêmios dos sindicatos, apesar de vencer nas premiações mais amplas como o BAFTA (o que não deixa de ser previsível, pois trata de uma cantora ícone britânica). Enfim, ainda é o favorito e a minha aposta, mas não ficaria muito surpreso se qualquer outro ganhasse.

VAI GANHAR: Amy
PODE SURPREENDER: Cartel Land
MERECE GANHAR: (não pude conferir alguns filmes da categoria ainda)


Nenhum comentário:

Postar um comentário