sábado, 23 de janeiro de 2016

Film Noir [parte I]



GUILHERME W. MACHADO

Não há gênero mais charmoso e melancólico no cinema. O Noir começou no cinema americano dos anos 40, foi exportado para outros países (a França teve sua boa cota de grandes exemplares do gênero) e atravessou décadas, até os tempos modernos nos quais ainda reside em um ou outro grande filme. Quando decidi finalmente sentar e fazer uma lista mais organizada desse que é um dos meu gêneros preferidos, pensei em fazê-la bastante grande, um grande compilado de noirs que eu amo, de todas épocas. Num segundo momento percebi que o projeto poderia ficar bem mais interessante dividido em duas partes: a primeira contemplaria o noir clássico e tradicional, enquanto a segunda abrangeria o dito neo-noir. Como os critérios de separação não são muito claros, adotei os seguintes: preto e branco e abaixo dos anos 60, são as duas condições para entrar nessa primeira parte da lista; colorido e acima dos anos 60 são as características que passam o filme para a segunda parte da lista. Claro, em qualquer uma das duas partes, o filme precisa ter elementos que o classifiquem como noir - méritos que não vou entrar aqui, até porque já existe muito material disponível na internet sobre o assunto -, esses critérios de cor e idade apenas servem para separá-los em duas partes.
Sobre a lista mesmo, gostaria de ressaltar que poucas vezes eu montei uma seleção (não sendo a própria dos meus filmes favoritos) cujo resultado geral me agradou tanto. TODOS os 15 filmes são sensacionais, não importa a posição, me deixando com uma desagradável sensação de injustiça ao ver obras geniais como A Dama de Shanghai fora de um top 10. A lista, inclusive, só teria 10 filmes de início, mas simplesmente não poderia deixar de adicionar os outros 5.


15. O Falcão Maltês [John Huston, 1941]


14. Os Corruptos [Fritz Lang, 1953]


13. Laura [Otto Preminger, 1944]


12. Sombras do Mal [Jules Dassin, 1950]


11. A Dama de Shanghai [Orson Welles, 1947]


10. Almas Perversas [Fritz Lang, 1945]


09. Rififi [Jules Dassin, 1955]


08. No Silêncio da Noite [Nicholas Ray, 1950]


07. Império do Crime [Joseph H. Lewis, 1955]


06. À Beira do Abismo [Howard Hawks, 1946]


05. A Morte num Beijo [Robert Aldrich, 1955]


04. Pacto de Sangue [Billy Wilder, 1944]


03. O Terceiro do Homem [Carol Reed, 1949]


02. Fuga do Passado [Jacques Tourneur, 1947]


01. A Marca da Maldade [Orson Welles, 1958]


Nenhum comentário:

Postar um comentário