segunda-feira, 16 de março de 2015

Artigo - Previsões do Oscar 2016: Macbeth


TEXTO DE: Matheus R.B. Hentschke

A premiação do Oscar é marcada por diversas tradições e estigmas perpetuadas há anos, que muitas vezes se mostram insuperáveis. Uma delas é a constante valorização das produções britânicas entre seus indicados, mesmo que tais filmes sejam de qualidade duvidosa, como O Jogo da Imitação (Morten Tyldum, 2014) e O Discurso do Rei (Tom Hopper, 2010).



Macbeth, a mais nova adaptação da obra de Shakespeare, apresenta a história de um duque, de mesmo nome do título, interpretado por Michael Fassbender, que recebe uma profecia de três bruxas em que ele seria o novo rei da Escócia. Manipulado pela sua mulher, Lady Macbeth (Marion Cotillard, que ganhou o papel após a desistência de Natalie Portman), e movido por um forte sentimento de ambição, o duque assassina o seu rei e toma a posse do trono para si.

A grande expectativa acerca dessa película é que seja uma obra diferenciada, sem os maneirismos e as amarras das mais recentes obras britânicas. Após o Oscar 2015, em que o fraquíssimo roteiro adaptado de O Jogo da Imitação levou a estatueta, Macbeth desponta como um forte concorrente para a categoria, visto que se trata de um filme britânico e adapta a história do ilustre escritor William Shakespeare.





Além disso, Michael Fassbender vem com força para a próxima edição do Oscar não só por Macbeth, mas também com a obra em que protagonizará o papel biográfico de Steve Jobs. De fato, as chances de concorrer a estatueta de Melhor Ator para Fassbender já é praticamente garantida por um desses dois filmes, ainda que na película Steve Jobs ele tenha mais chances. Por último, Macbeth ainda pode se apresentar como um forte candidato em alguns prêmios “menores”, como Melhor Figurino e Melhor Design de Produção, visto que obras em que é retratado períodos passados sempre possuem uma chance especial de levar tais estatuetas.

Principais Possibilidades de Indicação:

  •   Melhor Filme
  •   Melhor Ator [Michael Fassbender]
  •   Melhor Roteiro Adaptado [Jacob Koskoff, Michael Lesslie, Todd Louiso]
  •   Melhor Figurino [Jacqueline Durran]
  •   Melhor Design de Produção [Fiona Crombie]

Nenhum comentário:

Postar um comentário