domingo, 11 de janeiro de 2015

Premiações - Previsões Globo de Ouro 2015


TEXTO & PALPITES DE: Guilherme W. Machado

Bem em cima da hora, mas enfim, aqui vão minhas previsões para o Globo de Ouro deste domingo (dia 11).  Devo dizer que essa temporada está muito menos definida que o comum, mesmo nesta altura, o que faz com que seja difícil prever com sucesso os resultados. 

Devo dizer que ainda falta ver muitos dos filmes indicados (como Birdman ou Selma, por exemplo), o que torna mais complicada a previsão dos resultados. Por esse motivo, NÃO informarei agora meu favorito de cada categoria, apenas aquele que eu creio que vencerá.




Analisarei algumas de minhas escolhas no texto logo abaixo dos palpites.





MELHOR FILME - DRAMA:

Boyhood -  Da Infância à Juventude



MELHOR FILME - COMÉDIA OU MUSICAL:

O Grande Hotel Budapeste









MELHOR DIRETOR:

Richard Linklater [por Boyhood - Da Infância à Juventude]







MELHOR ROTEIRO:

O Grande Hotel Budapeste






MELHOR ATOR - DRAMA:

Eddie Redmayne [por A Teoria de Tudo]








MELHOR ATOR - COMÉDIA OU MUSICAL:

Michael Keaton [por Birdman]








MELHOR ATRIZ - DRAMA:

Julianne Moore [por Para Sempre Alice]




MELHOR ATRIZ - COMÉDIA OU MUSICAL:

Amy Adams [Grandes Olhos]



MELHOR ATOR COADJUVANTE:




MELHOR ATRIZ COADJUVANTE:

Patricia Arquette [por Boyhood - Da Infância à Juventude]







MELHOR FILME ESTRANGEIRO:

Ida










MELHOR TRILHA SONORA:

Garota Exemplar






Acho muito provável (e merecido, diga-se de passagem) que se confirme o favoritismo de Boyhood em Melhor Filme - Drama e Melhor Diretor - como vem sendo na temporada de premiações. Por outro lado, reconheço o quanto inconvencional foi minha aposta em O Grande Hotel Budapeste como Melhor Filme - Comédia ou Musical, mas Birdman me parece um tanto alternativo demais e essas premiações tendem a ser conservadoras. Além do fato da nova obra de Anderson estar crescendo bastante em prestígio, tendo sido indicada aos principais prêmios (Filme, Diretor, Roteiro).


A categoria mais complicada, a meu ver, é a de Melhor Atriz - Comédia ou Musical, apostei em Adams, por Grandes Olhos, mesmo sabendo que seja pouco provável que ela vença nessa cateogria pelo segundo ano consecutivo. Julianne Moore, por Mapas para as Estrelas, é uma forte candidata, numa grande atuação, mas seu papel - assim como o filme, num geral - não parece ser atraente aos conservadores olhos acadêmicos. Até mesmo Emily Blunt, por Caminhos da Floresta, tem boas chances de levar o prêmio para casa, ainda que pareça ser a atuação mais fraca dentre as 3 citadas; diferentemente das outras, entretanto, ela não tem nenhum ponto desfavorável (pelo contrário, o Globo de Ouro gosta de premiar "novidades"), o que a coloca forte na disputa.


Melhor Ator - Drama também está acirrada, talvez a mais parelha categoria de atuação. A rigor, todos 5 indicados tem chances reais de vitória, ainda que eu acredite que Steve Carell (Foxcatcher) e Jake Gyllenhaal (O Abutre), independenemente de seus méritos, estejam um pouco atrás, enquanto David Oyelowo (Selma) estaria numa posição intermediária (a maior incógnita da categoria, uma vez que seu nome não figurou no SAG nem no BAFTA por descuido do estúdio). Bennedict Cumberbatch (O Jogo da Imitação) e Eddie Redmayne (A Teoria de Tudo) me parecem estar um passo (apenas) à frente, sendo que o segundo tem um papel mais, digamos, "apelativo à premiações".



Se fosse apontar as "zebras mais possíveis", apontaria: Rosamund Pike (Garota Exemplar) em Melhor Atriz - Drama; Emma Stone (Birdman) em Melhor Atriz Coadjuvante; Birdman em Melhor Roteiro; e Julianne Moore (Mapas para as Estrelas) em Melhor Atriz - Comédia ou Musical

Nenhum comentário:

Postar um comentário